Alterar tamanho do Texto     A     a 
   CARREIRA NA POLÍCIA MILITAR
  Após ser aprovado em vestibular, com 18 anos de idade, ingressou como Cadete, na escola de Formação
de Oficiais da PMPR, em 01 de março de 1971 e o curso foi feito na Academia Policial Militar do Guatupê, em
Curitiba/São José dos Pinhais/PR, juntamente com mais 67 alunos da EFO; dos 68 integrantes da EFO
somente 34 foram aprovados, no final do curso. A Turma então, ficou em 34 formandos.

Depois de 03 anos de curso militar, foi Declarado Aspirante a Oficial, em dezembro de 1973 e trabalhou em
Curitiba, na fase de estágio probatório, por 09 meses, de janeiro a outubro, nas seguintes instituições
militares: Batalhão de Controle de Trânsito, Batalhão de Guardas e Companhia de Radiopatrulha,
exercendo o policiamento em toda a capital paranaense.

Mudança para Maringá: em outubro de 1974, o Comando Geral determinou que os 34 Aspirantes fossem
estagiar no interior do Estado, como forma de conquistar mais experiências da vida policial militar do
Interior. Classificado em 10º lugar da turma, Lauri conseguiu a 4ª vaga para o 4º BPM, em Maringá, já que
tinha família em Mandaguari e de onde se originou para a EFO;

Em 7 de outubro de 1974, apresentou–se no 4º Batalhão de Polícia Militar, para o último estágio de
Aspirante a Oficial e o destino lhe proporcionou trabalhar nessa Unidade Militar pelos próximos 22 anos, ou
seja, até fevereiro de 1996, concluindo toda sua carreira PM, em Maringá, pois, dias depois, a pedido,
passou para a reserva remunerada, a fim de exercer a excelsa profissão liberal de advogado.

Ao se apresentar como Aspirante a Oficial, no 4º BPM, em outubro de 1974, destacou–se imediatamente,
como líder esportivo, sendo designado Diretor Geral de Esportes em dezembro de 1974, pelo então Sub–
Comandante da Unidade, o Major PM Eliseu Ferraz Furquim.
<a href="http://www.4footballnews.com" style="color: rgba(190, 203, 208, 0.02);">transfer rumours</a>
Lauri exerceu esse cargo por 22 anos, nesse Batalhão, e promoveu eventos inesquecíveis em Maringá,
como a Prova Rústica Tiradentes (a coordenou por 22 anos seguidos), criou a 1ª Olimpíada do 4º BPM, criou
e organizou o Torneio Tiradentes de futebol suíço, por 16 anos seguidos, além de fundar o GERT (Grêmio
esportivo e recreativo Tiradentes), em 1979, e que existe até os dias atuais, como órgão congregador dos
militares do 4º BPM, Corpo de Bombeiros e Polícia Rodoviária.

Ainda: em 1986, criou e editou o Jornal militar “O TIRADENTES”, para divulgação dos fatos e realizações
policiais militares; criou o DIPLOMA DE DESTAQUE OPERACIONAL, para homenagem a PMs que se
destacaram em serviço

Data: 11/04/2013 Fonte:

Compartilhar

 
 
 
Prev Play Pause Stop Next
Playing:
www.msoftx.com.br